A técnica do FERROCIMENTO para construções de caixas d'água já é bastante conhecida.

A EcoFlutuar fez uma cuidadosa investigação e, como resultado, temos um produto RÁPIDO DE SER CONSTRUÍDO e ECONÔMICO.

VEJA OS VÍDEOS AQUI!

 

  • Redução em mais de 50% o tempo de preparação antes do emassamento;

  • Eliminação da figura do escorador, ou seja, metade da mão-de-obra necessária no emassamento;

  • Com a superfície rígida para moldagem da caixa, proporcionada pela fôrma, pode-se usar apenas telas Raschel em lugar da tela fina e arames comuns em lugar da tela estrutural de aço;

Uma fôrma de 3,0 m de diâmetro com 1,5 m de altura  se faz uma caixa com capacidade de 10.800 litros e pode ser construída com cerca de R$300,00 de material e, se for em regime de mutirão, com baixíssimo custo de mão-de-obra.

Estrutura da fôrma em montagem.

A FÔRMA é montada em partes, formando o cilindro base para que mais tarde seja envolvido pelas telas Raschel.

Técnica do
ferrocimento

AS TELAS envolvendo a caixa e o acabamento interno.

Transporte
e a
montagem da fôrma.

ESTA estrutura desmontável é transportada ao local onde será construída a caixa d'água e montada lá. Aplica-se a técnica de ferrocimento com essa estrutura como base. As telas Raschel envolvem a fôrma externamente com cimento e quando esta parte está pronta, a fôrma é desmontada e retirada para ser usada em outra ocasião. Faz-se então, a parte interna da caixa.

Caixa d'água pronta

O CANO por onde a água passa e vista da caixa d'água pronta.